9 de dezembro de 2009

Resignação


À resignação dormente dos teus braços,
Nas noites solitárias povoadas
Por criaturas imaginárias, me
Atraco, navio fantasma
derivando num vaivém
Líquido de sons inventados pelos dedos
Do pianista que se escondia nas sombras,
Cavalgando a lua e as nuvens
Da tempestade de aplausos,
Tocando, Como fossem teclas,
Cada pétala do meu coração...
E se o pianista lho pedisse,
Bateria o melro
As asas novamente quando pousado nas cordas
Por baixo
Dos limites intentos da minha ilusão?

Alexandre Homem Dual

5 comentários:

  1. Estava eu bebendo um copo com o meu amigo Fernando Pessanha (esse mesmo, o dos In Tento Trio) aqui no DRACULEA Café Bar (DRACULEA é um acrónimo que, decomposto, forma Domus Regia Artis, CULtus Et Amicorum - Casa Real das Artes, da Cultura e dos Amigos), trocando uns dedos de conversa, falando do futuro concerto de In Tento aqui no "D", navegando pela net, enfim, falando disto e daquilo, quando...

    ResponderEliminar
  2. ...me deparo com as minhas palavras no teu blog! Escusado será referir o quão elogiado me senti por ter feito parte da escolha, que por natureza é algo de tão pessoal, especialmente num blog que é uma espécie de diário, que fizeste para partilhar com os teus leitores. Ao escolhermos um poema para partilhá-lo com outros, estamos a tornar esse poema um pouco parte do nosso próprio ser. E assim, sendo... um muito obrigado!
    AHD

    ResponderEliminar
  3. Sem palavras... a honra é toda minha por este comentário:) Quero, em primeiro lugar, desculpar-me pela ousadia de ter colocado no meu blog o poema, sem pedir autorização ao poeta... mas não resisti a tamanha beleza:) Mais tarde, pelo Pessanha, soube que o "criador de tamanho feito" era o dono do Draculea... como este mundo é pequeno:)
    Que posso eu dizer... é um, senão o mais belo poema que já li! Não, não estou de todo a exagerar! Mtos parabéns:)

    ResponderEliminar
  4. Ora bem, o mundo é realmente pequeno... e enorme ao mesmo tempo. A questão a ser colocada talvez seja, verdadeiramente: haverá coincidências? Isto talvez seja um sinal divino para que venhas muitas vezes ao DRACULEA beber muitas Águas das Pedras (ou cocktails do dia...:P) e tragas muita malta contigo!:P
    Agora um pouco mais a sério... aproveito para divulgar as nossas noites de Terça-Feira: são as Noites de Poesia no DRACULEA!
    Ou seja, estás convidada a aparecer (e a trazer amigos que também gostem de literatura) e a ler (ou a ouvir, para quem for envergonhado) alguns poemas, excertos de romances, micronarrativas, etc... se forem textos teus, óptimo, se forem de outras pessoas... óptimo de igual modo! Fica a sugestão/convite...;)

    E já agora, se te apetecer:
    http://amendual.blogspot.com/

    Até à próxima no "D"!;)

    ResponderEliminar
  5. Confesso que com tanto nome já estou confusa para quem é q devo responder:)É claro que irei visitar-vos mtas vezes... o ambiente é óptimo! E vou levar malta comigo;) Noites de poesia... esta n sabia... mas fiquei curiosa. Pena ser a um dia de semana, mas vou passar para ouvir... só;)

    ResponderEliminar